slot übersetzen ins deutsche -Após a Polícia Militar (PM) promover uma chacina que resultou na morte de 15 pessoas no Guarujá, no

Com governo Lula eslot übersetzen ins deutsche -m ascensão, Tarcísio de Freitas usa

Após a Polícia Militar (PM) promover uma chacina que resultou na morte de 15 pessoas no Guarujá,ãoTarcíslot übersetzen ins deutsche - no litoral de São Paulo, o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) foi a público dizer que estava “extremamente satisfeito” com o trabalho da corporação.

A frase indignou entidades de defesa dos direitos humanos, moradores da região e familiares de vítimas. Mas teve repercussão positiva com o eleitorado bolsonarista, grupo que há algum tempo espera sinais de Freitas, segundo o cientista político Rudá Ricci.

"Neste período, em que a economia nacional melhora, que é um ponto muito positivo para o governo Lula, o Tarcísio de Freitas ocupa espaço numa pauta de extrema direita. Aí entra a pauta da violência da PM, em que ele surfa no que aconteceu no Guarujá. Não é uma mera pauta, isso é a política de segurança pública do seu governo", explica Ricci.

:: O que já se sabe sobre as imagens das câmeras corporais dos policiais na chacina do Guarujá ::

Em 6 de julho deste ano, às vésperas da votação da Reforma Tributária, Freitas e o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) se desentenderam publicamente. Desde então, o governador de São Paulo se tornou alvo fácil para os bolsonaristas, nas ruas e nas redes sociais.

Para Ricci, a segurança pública não pode ser tratada como a única pauta que concilia Freitas e os bolsonaristas. "Neste sentido, ele se alinha à tentativa do Romeu Zema [governador de Minas Gerais], de saírem os dois como herdeiros do espólio bolsonarista. O Tarcísio sai na frente porque ele trabalha com uma pauta governamental, com uma pauta de política pública, que entram as melhorias nas rodovias, na área da Educação, com uma pauta que lembra o Escola Sem Partido, com perseguição de professor e o fim dos livros impressos."

No último sábado (5), Zema defendeu uma criticada aliança entre os estados do Sul e Sudeste para barrar o avanço dos interesses do Nordeste. O mandatário disse, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, que o grupo busca consolidar um "protagonismo" para garantir força majoritária frente as demais regiões. Esta não é a primeira vez que o governador mineiro ganha repercussão após falas que discriminam nordestinos.

Em nota oficial, o Consórcio Nordeste disse que Zema tem uma "leitura preocupante do Brasil". "Ao defender o protagonismo do Sul e do Sudeste, indica um movimento de tensionamento com o Norte e o Nordeste, sabidamente regiões que vêm sendo penalizadas ao longo das últimas décadas dos projetos nacionais de desenvolvimento", acrescenta o bloco, que reúne os governadores dos nove estados da região.

:: 'Traidor da pátria', diz Flávio Dino sobre fala separatista de Romeu Zema contra o Nordeste ::

Edição: Vivian Virissimo


Relacionadas

  • O que já se sabe sobre as imagens das câmeras corporais dos policiais na chacina do Guarujá

  • &39;Traidor da pátria&39;, diz Flávio Dino sobre fala separatista de Romeu Zema contra o Nordeste

  • “Lampejo separatista”: políticos reagem a declaração de Zema sobre "protagonismo" do Sul-Sudeste contra Nordeste

BdF
  • Quem Somos

  • Parceiros

  • Publicidade

  • Contato

  • Newsletters

  • Política de Privacidade

Redes sociais:


Todos os conteúdos de produção exclusiva e de autoria editorial do Brasil de Fato podem ser reproduzidos, desde que não sejam alterados e que se deem os devidos créditos.

Visitantes, por favor deixem um comentário::

© 2024.sitemap